contato@bitcolor.com.br/h3>

The Cycle – Eu não sei como eu consegui assistir todo…

Filmes


Daryl Hannah a Medison de Splash, uma sereia em minha vida, é supostamente a protagonista desse filme, mas, ao assistirmos, percebos que o filme nem protagonista tem…

Além da figura aí na foto, é, esse cara barbudo assustado com a máscara de zorro, ser o vilão do mal, o filme é cheio de doideiras e incertezas.

O filme narra a história de Daryl (por sinal ela tá a cara da mãe do Stiffler nesse filme) dirigindo um carro e passeando indo para algum lugar. No meio do caminho, um vulto passa por ela, e ela quase atropela uma garota, que, no começo do filme estava sendo perseguida.

Logo no início do filme, podemos ver Amy, a personagem mais burra de todos os filmes de comé… digo, de horror. Que além de sempre largar a faca para o cara pegar, ela corre em círculos. Outra coisa estranha é que, apesar dela correr e o cara do mal só andar devagar, ele sempre acaba aparecendo na frente dela!

Durante o filme, Amy conta a história de como ela e os amigos estudantes de sabe-se lá o quê(parecia paleontologia ou engenharia de minas), vão atrás de um cemitério indígena (que original!), para preservar o local, e se encontram no caminho com um frentista sem mãos que os avisa do perigo. Ao chegarem no cemitério, aparece um cara com uma máscara do Zorro (o figura aí em cima), que, por sinal, sabe fazer ligação direta. Depois de muitas idiotices onde o grupo teve pelo menos 30 chances de matar o figura, todo mundo morre e assiste os outros morrendo um por um…

Depois a Amy mata o frentista sem mãos. Então voltamos a Deryl e a Amy no carro, já no final do filme, onde ela descobri, sim, telespectadores (ou bloguectadores), que Amy, tchan tchan tchan tchan… está morta! É isso mesmo, derrepente vira um filme paranormal. Amy volta do além todo o ano para poder encontrar alguém que consiga o mapa onde as pessoas estão enterradas e acabe com a maldição!!! Que louco!

No fim, Deryl encontra o irmão gêmeo do bem do figura aí de cima, que é morto pelo sobrinho, filho do frentista sem mãos. Deryl não acha o mapa, e o figura daí de cima mata ela. Um lindo fim… para um lindo filme.

…sem comentários….

Rodrigo Portillo

@portillodesign

Gosto tanto de design que aprendi programação e regras para garantir a estabilidade de meus projetos. Trabalho e trabalhei com desenvolvimento full-stack em diversas linguagens, como Flex, PHP, Java, Javascript, dentre outras. Ainda trabalhei alguns anos como designer gráfico e ilustrador.
Busque mais informaçoes pelo LinkedIn.