O que é Sistema Operacional

. Por

Vamos falar de algo que usamos todos os dias, mas nem sabemos disso. Sistemas Operacionais. Usamos sistemas operacionais em televisores, computadores, celulares, enfim, na maioria dos equipamentos que possamos configurar.

Mas afinal o que é um sistema operacional? Como o nome diz, é um modo de operar, um meio de operar, um sistema. Em termos técnicos, podemos dizer que um Sistema Operacional é um programa de computador composto por um núcleo e bibliotecas, com fins de organizar informações para o processador e outros periféricos. Trocando em miúdos, é o programa que serve para executar programas, e, claro, usar determinados periféricos e configurar o aparelho.

Todo o equipamento digital com alguma função de configuração possui um sistema operacional, por mais simples seja. Por exemplo, o celular possui um sistema operacional, através dele você configura seu celular, joga seus jogos, lê suas mensagens, etc. O seu aparelho de DVD também possui um sistema operacional, este, permite regular o som, escolher o tipo de disco, ouvir músicas, alguns até jogar videogames, etc.

Mas o nosso foco hoje são os sistemas operacionais disponíveis para computador, que, ao contrário do que se pensa, são milhares. Praticamente qualquer ser humano, com um conhecimento razoável de programação, pode criar um sistema operacional para um computador. Os sistemas operacionais mais ouvidos no momento são o Windows e o MacOS. Opa… cadê o Linux?

Diferente do que as pessoas imaginam o Linux não é um sistema operacional. Ué? Mas se o Linux não é um sistema operacional, como eu o tenho instalado no computador? Bem, isso é um caso polêmico dentro da área de informática, mas antes de continuarmos, vamos entender como é composto um sistema operacional.

Sistema Operacional Baseado em Linux - Ubuntu

Diversas vezes os Kernels recebem apelidos de seus criadores, o Kernel do Windows, por exemplo, teve muitos nomes antes de lançar suas novas versões. O Kernel de nome mais famoso é sem dúvida o Linux, que recebeu esse nome graças ao seu criador, Linus Torvald. O Windows já possuiu diversos Kernels, assim como MacOS. É muito comum o mesmo Kernel ser usado várias vezes. O Kernel do Windows XP, 2000 e o Server 2003 são o mesmo, assim como o Vista e Server 2008, tudo o que muda, são as bibliotecas. Ainda sim, o Windows ainda trabalha com o mesmo Kernel, desde o Windows 95. Todavia ele sempre é atualizado, com novas versões do mesmo Kernel (versão 2.0, 3.0 e por aí vai).

Os sistemas operacionais para computadores de mesa mais usados são disponíveis em duas versões principais, as x64 e as x86. Uma direcionada para processadores 64 bits e outra direcionada para processadores 32 bits, respectivamente. O processador funciona como um tradutor. O computador fala uma linguagem chamada de código binário, o processador traduz essa linguagem para uma que a gente entenda como som, imagem, etc. e vice-versa. Claro que, para isso, ele depende de outros componentes. Já o bit é uma casinha onde pode ser armazenada uma informação que pode ser o sim ou não, ou seja, duas informações podem morar na casinha, mas só cabe uma de cada vez.

Fica claro que quanto mais casinhas, bits, mais informações eu posso ter. Então, um processador de 64 bits agüenta mais informações do que um de 32 bits. No entanto, como saber se o seu processador é 64 ou 32 bits? Através de programas como o CPU-Z (gratuito pelo www.baixaki.com.br), dentre outros. Praticamente todos os computadores com até 3 ou 4 anos de idade possuem processadores 64 bits. Mas o que isso tem a ver com o sistema operacional?

Os processadores de 64 bits precisam de um sistema operacional 64 bits para poder usar todo o seu poder. Mas é perfeitamente possível um programa 32 bits rodar em um processador ou sistema 64 bits. A única coisa que deve ser feita é buscar controladores (drivers) de alguns periféricos como o teclado, monitor, placa de vídeo, etc. No entanto, rodar um sistema operacional de 64 bits não quer dizer que seu computador ficará mais rápido, mas sim, que ele poderá fazer mais coisas ao mesmo tempo. O que, claro, vai economizar tempo de trabalho. Vale salientar que se pretendes usar mais de 3GB de RAM é realmente necessário usar um sistema de 64 bits, se não, ele não interpretará mais do que os 3GB.

O Windows é o sistema operacional mais utilizado no mundo, dentre este se encontram as versões XP e Vista (sua versão mais nova). Mas, em compensação, é o sistema com maior quantidade de vírus e outras ameaças. O Windows ganhou fama com o lançamento do Windows versão 3.11 e sua facilidade e estímulo para copiar para os amigos. No início, o Windows não era um sistema operacional, era sim uma interface gráfica para o sistema operacional MS-DOS, muito famoso na época. A partir da versão 95 foi considerado sistema operacional, porém, somente a partir da versão 2000 é que ele tornou-se independente do MS-DOS. O Windows é o software mais pirateado no mundo, mais da metade dos computadores PC no Brasil usam Windows pirata, devido ao alto custo do software. Até a sua versão 95, a Microsoft estimulava a cópia para um amigo, para poder difundir o Windows nos computadores PC. Todavia, hoje, a Microsoft possui uma política antipirataria, dentre elas, a criação de uma versão barata, a Starter Edition, ao custo inferior de cem reais, porém, extremamente resumida, e com pouquíssimos recursos. Por ser o sistema operacional mais usado no mundo, o conhecimento em Windows e manipulação de pastas e aplicativos incorporados, tornou-se sinônimo de Informática Básica, mas não é correto enxergar dessa maneira.

Já o MacOS, é um sistema operacional feito para computadores Macintosh, da Apple, ele possui funções relativamente semelhantes com a do Windows, e softwares acoplados que são diretos para usuários caseiros ou profissionais, dependendo da configuração do computador. Possui a vantagem de já conter tudo pré-instalado, inclusive os controladores, o que reduz o tempo de instalação consideravelmente. A parte visual do MacOS também é superior, pois este, é direcionado para o mercado de design, cinema, e outras formas de trabalhos audiovisuais profissionais. É um sistema indispensável em empresas de publicidade e gráficas. Por não ser tão famoso e ser um sistema mais exclusivo, não possui tantos vírus.

MacOSX Mountain Lion Screenshot

Os sistemas operacionais baseados em Linux são alternativas para aqueles que não querem entrar na ilegalidade, porém não querem pagar altos custos. É altamente recomendável para pequenas e médias empresas, pois possuem diversos aplicativos gratuitos, livres de licença, extremamente semelhantes aos aplicativos para Windows. Possui ferramentas de configuração de rede, planilhas eletrônicas, processadores de texto, e até mesmo jogos. Grande parte de programas para Windows, possuem seus semelhantes gratuitos ou quase, para sistemas baseados em Linux. Apesar de ser muito bem estruturado e mais estável do que o Windows, as pessoas possuem certa discriminação com os sistemas Linux, vendo-os como complicados, mas isso dependerá de qual sistema Linux irá se trabalhar. Existem diversos sistemas em Linux, para inúmeras funções. A desvantagem é que é difícil achar controladores e jogos para esses sistemas, por isso deve ser usado mais para trabalho que para lazer, ao menos por enquanto. São exemplos de sistemas baseados em Linux, o Kurumin, o Suse, o Mandriva, dentre muitos.

Sistemas operacionais existem muitos, para escolher qual usar, é preciso entender a necessidade do usuário:

  • Para trabalhos administrativos simples (planilhas, texto, etc.): Sistemas Baseados em Linux;
  • Para trabalhos administrativos complexos (programações, vídeo conferencias, etc.): Windows;
  • Para trabalhos gráficos (vídeo, áudio, impressos, etc.): MacOS;
  • Para entretenimento simples e educativo (jogos de inteligência /educação): Sistemas Baseados em Linux;
  • Para entretenimento mais intenso de áudio visual (home theater, Media Center, blu-ray, jogos): Windows;
  • Para entretimento audiovisual pessoal (vídeos, músicas, etc.): MacOS;

Claro, isso é só uma sugestão, todos eles servem como entretenimento ou trabalho, o importante é usar o que for mais prático e de melhor custo benefício, e, claro, o que o usuário sentir-se melhor.

Rodrigo Portillo (164 Posts)

Rodrigo Portillo cria projetos que é simultaneamente funcional e esteticamente agradáveis. Em poucos anos construiu um portfólio impressionante de design digital e desenvolvimento. Ele continua a aprender sobre técnicas de SEO e gerenciamento de conteúdo, mas o seu coração está com o design. Atualmente cursa faculdade de Licenciatura em Computaç˜åo

2 respostas para “O que é Sistema Operacional”

  1. [...] orientado, muitas vezes, a comprar equipamentos mais sofisticados, computadores mais rápidos, com sistemas operacionais mais modernos e seguros que garantam a preservação das informações que você precisa armazenar. [...]

  2. [...] Android – O Android é um sistema operacional para dispositivos móveis. Funciona em tablets, smartphones de diversas marcas. Como ele é de [...]

Deixe uma resposta

@portillodesign